How Black Knight's T.O.s Go Next Level

Como os OTs da Black Knight alcançaram outro nível

24 de fevereiro de 2016 | 2 minutos para ler

É fato que recomendações têm mais peso quando vêm de uma fonte independente. Foi por isso que a Amazon introduziu análises de clientes em meados dos anos 90 e é por isso que empresas dão aos melhores analistas da Amazon uma enxurrada de produtos grátis hoje em dia.

Jay Mason-Grant da Black Knight Games está colocando esta força para trabalhar de uma maneira única e isso está ajudando a expandir sua variedade de produtos, simplificar seu processo de aquisição e manter um sistema de feedback direto e confiável com a comunidade.

É assim que funciona:

Jay recruta jogadores aficionados para serem "Porta-Estandartes" — representantes de jogos que dominam. Os Porta-Estandartes organizam e administram eventos, estão disponíveis aos clientes via email e aparecem no site da Black Knight com dicas e uma curta biografia.

Ostensivamente, isso não é nada fora do comum. Você provavelmente reconhece seus próprios organizadores de torneio (OTs) nessa descrição.

Mas o programa do Jay vai além da relação tradicional loja/OT ao reconhecer oficialmente a perícia deles — do mesmo modo que os melhores analistas da Amazon — ajudando-os a ganhar capital social e dando poder a eles para fazer a comunidade crescer.

O programa faz com que Jay tenha suporte para jogos com os quais ele e sua equipe não tenham familiaridade, além de ajudar a divulgar os jogos que não sejam muito conhecidos.

As ferramentas do Jay para construir sua comunidade de clientes:

Jay recruta Porta-Estandartes para qualquer jogo com um programa de jogo organizado que o interesse, e várias ferramentas para ajudá-los.

1. Uma página em seu website. Jogadores interessados podem encontrar informações de contato (Jay dá a eles um endereço de email da Black Knight) do representante de cada jogo.

2. Um grupo fechado no Facebook. Os Porta-Estandartes podem fazer contatos e trocar ideias.

3. Um Formulário Google para propostas de eventos.

Os representantes do Jay enviam ideias para eventos que eles gostariam de organizar. Após o evento, Jay dá a eles crédito da loja de acordo com o número de participantes do evento.

Jay faz parte de um grupo seleto. Os melhores analistas da Amazon, os MVPs da Microsoft — comunidades de clientes como essas aumentam o apoio dos clientes e criam um canal de comunicação inestimável entre você e seus jogadores.

"Por um lado," diz Jay, "isso ajuda nossos clientes a criarem os eventos que eles quiserem. Por outro lado, somos nós criando um método para dar a eles o apoio que eles querem."

As dicas de Jay para você iniciar o seu próprio programa

Jay rapidamente aponta que o programa não é perfeito — está em constante evolução e erros podem acontecer. Aqui estão algumas lições que ele aprendeu ao longo do caminho.

  1. Rotatividade é comum. É melhor não investir demais em um representante logo de cara.
  2. Mantenha a simplicidade. Inicialmente, o programa era elaborado demais e administrá-lo era um aborrecimento.
  3. Comunicação é um elemento chave. Estabeleça um canal claro de comunicação e não demore a responder.
  4. Celebre seus representantes com frequência. "Eu provavelmente não faço isso o quanto deveria," diz Jay.

Jay recruta seus Porta-Estandartes dentro da comunidade — jogadores com entusiasmo e energia são ideais.

Fique de olhos abertos!

Matt Neubert

Dúvidas Frequentes

Encontre respostas para as dúvidas mais comuns sobre a Wizards Play Network

Tem alguma pergunta?

Fale conosco!