Standard Slump? Try This.

Formato Padrão em baixa? Experimente isso.

26 de janeiro de 2016 | 2 minutos para ler

Talvez o Booster Draft pareça mais atraente; talvez a entrada esteja muito alta. Talvez o metajogo — a composição geral do formato baseada dos decks mais populares — não está do gosto da sua comunidade jogadora.

Mesmo que seja o modo mais popular de jogar Magic, algumas lojas ocasionalmente veem a participação em eventos Padrão cair um pouco.

Acontece. Se acontecer com você, experimente seguir os conselhos de colegas seus, que já passaram por isso:

1. Experimente o Pauper

No Pauper, jogadores constroem decks feitos inteiramente de cards comuns. A barreira de entrada é baixa e a pressão também, e ajudou bastante o FNM da Pat's Games.

"Nós adicionamos o Pauper às sextas e estamos recebendo pelo menos 20 jogadores", diz Pat Johnson, dono da loja.

O Pat inclusive monta decks Pauper para emprestar e instigar o interesse de jogadores novos.

"Assim que eles começam a jogar, eles adoram."

2. Incentive jogadas inovadoras

Na Cheese Boy Comics, jogadores ganham recompensas ("A-cheese-ments" — rá!) por vencer sob condições incomuns. Digamos, conjurando apenas mágicas incolores.

Isso não só reduz a necessidade de procurar por cards disputados, mas também reduz a necessidade de uma porcentagem de vitórias enorme: apenas uma vitória é suficiente, e um evento com 3 rodadas dá ao menos 6 chances de ganhar um Acheesement.

Uma vez, uma pessoa conseguiu 3 Acheesements em um jogo e a loja levou o grande feito pro Instagram. Ele perdeu a partida, mas ganhou um mês de FNM grátis!

3. Recompense vitórias sobre certos decks

Na Game Closet, o dono DeQuan Watson vê uma maioria de decks pouco comuns, com uma minoria de decks "da nata" — decks tier-1 de nível profissional, com muitos cards disputados. Não há vergonha em nenhum deck, mas o pareamento costuma ser desleal.

Sua solução foi dar recompensas especiais a jogadores que vencerem dos decks tier-1.

"Isso deve fazer com que as pessoas fiquem menos chateadas de jogarem contra eles", diz o DeQuan.

A ideia foi criar um clima de "chefão", com direitos extras de gabar-se pela vitória, mas sem sofrer vergonha por uma derrota.

4. Dê destaque a cards pouco usados

"Honestamente, eu tive boa sorte montando um deck que eu jogava quando meu sócio cuidava da loja", diz o Glenn Whitman da Gear Gaming.

A ideia é mostrar que só porque um card não está no Pro Tour não quer dizer obrigatoriamente que ele não vale ser testado. O Glenn descobriu que jogadores gostam de reavaliar cards pouco jogados que tenham performance inesperada — mesmo quando não conseguem vencer.

"Vale a pena ver de novo se você ao menos chegou perto de vencer."

Parece interessante? Experimente no FNM desta sexta-feira!

Por Matt Neubert

Dúvidas Frequentes

Encontre respostas para as dúvidas mais comuns sobre a Wizards Play Network

Tem alguma pergunta?

Fale conosco!