6 Ways to Start a School Program

Seis maneiras de começar um programa na escola

29 de janeiro de 2015 | 2 minutos para ler

Qualquer educador pode falar sobre o imenso valor de programas após as aulas—, assim como várias lojas WPN.

Mas como começar? Com quem você deve falar e como? Aqui estão seis ideias:

1. Um estudante ou membro da equipe que seja da sua base de jogadores

O clube de jogos após as aulas da Rook's Comics and Games começou com uma sugestão de um cliente regular, que serviu como contato com a escola.

2. Um diretor

De acordo com Erin Neubert, diretor de uma escola primária de Chicago, um diretor terá a maior parte das informações sobre participação da equipe, disponibilidade de local e transporte.

Informações de contato geralmente podem ser encontradas no site da escola e uma ligação ou carta formal costumam ser mais efetivas do que um email.

As dicas de Erin sobre contato com escolas:

Consiga uma referência de um dos pais ou de um professor

Apresente variações do seu programa. Escolas gostam de ter várias opções para escolher.

Diretores falam com muitos vendedores. Pense na situação como se fosse uma entrevista de emprego

3. Organizações com programas após a escola existentes

Bobby Whitcomb da Excelsior Comics and Games começou a "Aula de Magic de Segunda" na Fowler School após entrar em contato com uma organização local chamada FASC (Fowler After School Club), que tinha as informações publicadas no site da escola.

4. Uma organização de pais e professores

Sue Hytjan, uma profissional de educação de Minnesota, conta que se você quiser ajuda de uma organização de pais e professores, prepare seu plano com muita antecedência e peça permissão ao diretor primeiro.

Essas organizações podem ser uma ótima maneira de compartilhar as informações com outros estudantes e pais, especialmente se você tiver um filho no mesmo distrito.

5. Educação caseira

Matthew Micetic da Red Castle Games descobriu que pais que educam seus filhos em casa estão sempre ansiosos para encontrar uma atividade social para seus filhos e os contatos que ele fez acabaram por levá-lo às escolas locais e além.

As dicas de Matthew para trabalhar com escolas:

  • Mantenha uma aparência profissional (ex: camiseta com a marca da loja e crachá)
  • Prepare um documento descrevendo os benefícios e distribua-o para todos os oficiais de escola que você encontrar
  • Ofereça atualizações regulares aos oficiais da escola, descrevendo os benefícios contínuos, incluindo dados sólidos
  • Não deixe de dar atenção às meninas.

6. Um bibliotecário público

De acordo com Spring Lea Henry, uma ex-bibliotecária de serviços para adolescentes, bibliotecas públicas que trabalham com crianças e adolescentes estão sempre procurando programas divertidos e educativos para seus frequentadores.

O primeiro passo é criar o seu programa. O segundo passo é entrar em contato com as pessoas. Volte amanhã para baixar um modelo que pode ser usado!

Dúvidas Frequentes

Encontre respostas para as dúvidas mais comuns sobre a Wizards Play Network

Tem alguma pergunta?

Fale conosco!